Você quer trabalhar no BB?

Quem é Quem na Estrutura de Cargos do Banco do Brasil?

Marco Aurélio Gomes      quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos
Quem é Quem na Estrutura de Cargos do Banco do Brasil

 

O labirinto de cargos e o que cada um faz dentro da estrutura do BB.

Prá quem ainda não sabe, a Estrutura de Cargos do Banco do Brasil, bem como de Salários existe há muito tempo... e o que isto quer dizer?

Quer dizer, primeiro, que os cargos, as atividades e responsabilidades são iguais em todas as dependências do BB no país e, em segundo lugar, que os salários também são iguais para os mesmos cargos, em todo o Brasil... seja homem ou mulher, branco ou negro, numa agência pequena ou em Brasília.

E isto é muito bom!

Neste artigo vou tratar apenas dos cargos e estrutura da Rede de Agências, deixando os Órgãos Regionais e Direção Geral para outro momento.

Se você quiser ter uma visão mais panorâmica do assunto, pode consultar este artigo, onde explico por onde você vai ter que passar depois de entrar no BB, ou este outro que trata da ascensão profissional.

Antes de entrar no tema, tenho que abrir um parêntese, para que a coisa toda tenha sentido.

A Rede de Agências do Banco é chamada de Rede de Distribuição (Distribuição é o nome da Unidade Estratégica que cuida das agências), ou apenas Rede. E temos duas Redes de Distribuição: a DIRED (Diretoria de Distribuição) que fica em Brasília e cuida da Rede de todo o país, exceto São Paulo, que tem uma Rede de Distribuição só para o estado, a DISAP.

A partir daí, vamos de cima prá baixo...

Hierarquicamente, depois da Diretoria de Distribuição, que tem a função estratégica da Rede, vem as Superintendências Estaduais e as Superintendências Regionais, tem a função tática e, na ponta, as agências, que tem a função operacional, que fazem acontecer a estratégia e táticas do Banco.

Agora sim, os cargos e funções, mas de baixo prá cima:

Na base da cadeia alimentar está o Escriturário... isto mesmo, você!

O Escriturário é o cargo de entrada na Carreira Administrativa do BB, e é o responsável pelo atendimento das necessidades dos clientes e dos chefes. Neste outro artigo falo sobre o que um Escriturário faz.

Toda agência tem Escriturário... e podem ser vários escriturários numa agência.

Depois do Escriturário vem o Caixa, que é o responsável pelos pagamentos e recebimentos da agência. É ele quem mexe com o dinheiro... tem Caixa em praticamente todas as agências (algumas, bem poucas, não tem).

Nas cidades maiores os Caixas não são funcionários das agências, são vinculados ao prefixo da PSO (Plataforma de Serviços Operacionais), que são Centros Operacionais que centralizam algumas atividades de apoio à Rede.

Nas PSO ficam todos os caixas da praça, juntamente com os Gerentes de Módulo (que também trabalham nas agências), mais Escriturários, Gerentes de Setor e Gerente de Segmento, que trabalham na sede da PSO.

Nas cidades menores os Caixas e Gerentes de Módulo são funcionários da própria agência.

Depois do Caixa o próximo cargo é o de Assistente.

Veja que para se tornar um Assistente você não precisa, necessariamente, ter passado pelo Caixa, embora seja muito comum nas agências menores o Escriturário ir para o Caixa meio que direto, até mesmo durante o período de experiência, porque as agências pequenas sempre tem falta de pessoal e se você assumiu numa delas, você está entrando no lugar de alguém que foi embora, transferido ou promovido.

O Assistente é quem dá assistência a um Gerente... ajuda a atender os clientes, a fazer o serviço burocrático e a cumprir as metas da carteira do Gerente.

Tem agências que não tem em sua estrutura o cargo de Assistente, principalmente as agências menores. Quanto menor a agência, menor a estrutura... faz sentido.

Entre o Assistente e a Gerência Média, podem existir nas agências com mais de 15 funcionários, o Supervisor de Atendimento, que é responsável por tudo que acontece nas Salas de Auto Atendimento (aquela que tem os terminais eletrônicos, antes da porta giratória) e auxilia a agência na efetivação de negócios.

Este é um cargo pouco conhecido aqui fora... é o primeiro cargo na estrutura com jornada de 8 horas. Até aqui, nos cargos anteriores a jornada é de 6 horas, e daqui prá frente todos são de 8 horas.

Acima dos Assistentes estão os Gerentes. São vários os cargos de gerência média que podem existir dentro de uma agência. Pode ser o Gerente de Módulo ou de Serviços, que cuidam da parte administrativa da agência, da tesouraria, dos caixas e das salas de auto atendimento. Os Gerentes de Módulo são da PSO e os de Serviço são da agência... todas as agências tem um Gerente desses.

Além dos Gerentes de Módulo ou Serviços, outros cargos de nível médio podem ser acionados nas agências, são os Gerentes de Relacionamento.

As agências podem ter Gerentes de Relacionamento que cuidam de Pessoa Física:

  • Os Gerente de Relacionamento de Atendimento, que cuida do “carteirão”, ou seja, do povão em geral, dos clientes não encarteirados, normalmente auxiliado por Escriturários.
  • Pode existir também Gerente de Relacionamento Personalizado, que atende e faz negócios com os clientes do segmento Personalizado, normalmente auxiliado por Assistente e Escriturário.
  • E, ainda, Gerentes de Relacionamento Estilo, que só existem nas agências Estilo.

Gerente de Relacionamento Pessoa Jurídica, que tem 3 níveis:

  • O primeiro nível, que atende os clientes PJ não encarteirados (o povão das PJ), que é normalmente acumulado pelo Gerente de Serviço, ou Gerente de Relacionamento de Atendimento.
  • O segundo nível que é o Empresas II, com as PJ encarteiradas, com um nível médio de relacionamento e negócios com o Banco. Normalmente as carteiras Empresas II tem Assistente e Escriturários para atender os clientes.
  • E o terceiro nível, que é o Empresas I, que atende as PJ com nível alto de relacionamento e negócios com a agência. Também o Gerente Empresas I é auxiliado por Assistente e Escriturários.

E Gerentes de Relacionamento de Agronegócios, que cuidam especificamente de PF e PJ que trabalham no Agrobusines.

Temos também níveis de Gerente de Relacionamento Agronegócios, dependendo do nível de relacionamento e de negócios dos clientes encarteirados neste segmento.

 

Você quer receber atualizações do PassenoBB em primeira mão?

 

Antes de continuar, mais um parêntese...

É sobre a Segmentação de Clientes que o Banco adota como padrão de atendimento... se não falarmos disto aqui, a coisa toda vai ficar confusa.

O Banco já adota há algum tempo o modelo de atendimento que é segmentado por cliente e não mais por produto, como era antes e como ainda é em alguns bancos.

Na segmentação por produto o foco do atendimento é o produto (claro), ou seja, você entra na agência e vê as plaquinhas penduradas em cima das mesas: abertura de contas, seguro, investimentos, empréstimos e financiamentos, etc... isto quer dizer que você é atendido de acordo com o produto ou serviço que você necessita.

Já o atendimento com foco no cliente, adotado pelo BB, cada Gerente cuida e atende uma carteira contendo um grupo de clientes, que cumprem determinados requisitos para ser encarteirado. O principal critério de encarteiramento é a renda do cliente. Isto vale para pessoa física, por renda bruta, e para pessoa jurídica, por faturamento.

Então, dependendo da quantidade de clientes encarteirados na agência, podem ser acionadas quantas carteiras (e a respectiva estrutura de atendimento) forem necessárias para atender a estes grupos.

Pode não existir a quantidade suficiente de clientes para formar uma carteira, então a agência não tem Gerente de Relacionamento... fica tudo na mão do Gerente de Serviços, ou Gerente de Relacionamento de Atendimento, e pode também existir clientes em quantidade que exige a ativação de várias carteiras, daí acionando tantos Gerentes de Relacionamento quanto forem necessário, sejam PF, PJ ou Agro.

Existem agências com nenhum Gerente de Relacionamento e agências com 5, 6, 7 ou mais Gerentes de Relacionamento... de novo, depende do tamanho da agência.

Da mesma forma que existe esta segmentação para clientes, existem agências especializadas em atender estes clientes.

Existem agências Varejo (a maioria), que é o modelo que estamos acostumados a ver por aí nas ruas, que atendem clientes até o nível de Gerente de Relacionamento.

Existem também agências Pessoa Física, especializada no atendimento a clientes Alta Renda, que são as agências Estilo, só com Gerentes de Relacionamento Estilo (vários).

Também tem agências especializadas no atendimento a Pessoas Jurídica com alto faturamento, só com com Gerentes Empresas I e II. E agências especializadas em Agronegócios, com Gerentes Agro.

Todas essas agências aí em cima são as consideradas “Varejo”, e obedecem aquela estrutura hierárquica que falamos no começo do artigo.

Além dessa Rede Varejo, existem outras Redes, mais especializadas ainda, que atendem a clientes fora do Varejo. São as agências especializadas no atendimento de grandes clientes Pessoa Física, Pessoa Jurídica e Governo.

São as agências Private, que atendem clientes PF que merecem atendimento diferenciado pelo nível de renda e de negócios com o Banco. O atendimento desses clientes é realizado por Gerentes Private. Estas agências pertencem à Rede Dired e Disap.

E para o Segmento Governo também existem agências especializadas no atendimento ao Setor Público e ao Judiciário. Da mesma forma o atendimento é feito por Gerentes de Relacionamento Governo. Estas agências também são vinculadas à Rede de Distribuição.

Para as PJ existem agências Empresarial, Atacado e Corporate, que no mesmo viés das agências PF, atendem empresas com alto nível de faturamento e negócios com o Banco, e o atendimento desses clientes é feito por Gerentes Empresarial, Atacado e Corporate. Estas agências estão vinculadas a outra Diretoria e outras Superintendências.

Estas agências com estrutura especializada existem em quantidade bem inferior à Rede Varejo, mas também são opções interessantes para trabalhar.

É claro que para cada nível de especialização existe a contrapartida em remuneração. Então quanto maior o nível de responsabilidade no atendimento ao cliente (e nos negócios), maior o salário.

Fechado o pequeno parêntese, voltemos aos cargos:

Acima da Gerência Média está a Administração da agência

Os Administradores das agências são os Gerentes de Negócios e os Gerentes Gerais.

Gerente Geral toda agência tem, já o Gerente de Negócios, só as maiores.

Só para esclarecer, todos os cargos e a estrutura da Rede obedecem critérios e parâmetros de acionamento distintos e bem definidos. Não vamos entrar neste nível de detalhamento aqui, mas é só prá você saber que os cargos e funções não são acionados pela vontade de alguém, mas sim por critérios e parâmetros técnicos, ok.

Voltando... os administradores são os responsáveis por tudo que acontece dentro das suas agências e respondem por tudo também, desde a administração do seu pessoal até os resultados operacionais da Unidade. São os “donos do boteco”.

Os Gerentes Gerais são classificados em níveis e as agências também. Esta classificação de Gerentes é muito recente e ainda está em implantação. Mas na teoria é mais ou menos assim: cada Gerente Geral é classificado de acordo com suas competências e experiência como Gerente Geral e a sua remuneração é fixada de acordo com essa sua classificação, e não de acordo com o nível da agência onde está lotado.

Nas agências os níveis são definidos em função da sua complexidade administrativa, resultado em negócios e outras variáveis. A remuneração dos Gerentes de Negócios é fixada de acordo com o nível da agência.

Antes de continuar subindo na carreira

Vamos dar uma resumida na estrutura das agências, para ver se fica mais claro. Vamos ver dois exemplos extremos (que aqui só serve como recurso didático), de como pode ser o desenho delas:

  • Uma agência de varejo pequena, com estrutura mínima, vai ter, pelo menos:

Um Escriturário, 1 Caixa, um Gerente de Serviços e 1 Gerente Geral... 4 ou 5 funcionários.

  • Já uma agência grande de varejo, numa cidade grande, pode ter:

Vários Escriturários, vários Assistentes, um Supervisor de Atendimento, vários Gerentes de Relacionamento (PF, PJ e Agro), 1 Gerente de Negócios e 1 Gerente Geral. Atualmente as maiores agências do Banco não passam de 40 funcionários, mas tem uma ou outra que pode ter mais...

Continuando prá cima na Rede de Distribuição

Temos as Superintendências, que se chamam Superintendência Estadual de Varejo e Governo, e que abrigam dentro da sua estrutura também as Superintendências Regionais.

Na Dired é uma Super e, no mínimo, uma Regional por estado. Na Disap, o estado de São Paulo é dividido em 4 ou 5 Super, cada uma com suas Regionais.

A estrutura das Regionais é composta por 2 Assessores (normalmente) e 1 Superintendente Regional. Estes funcionários são vinculados ao prefixo da Super Estadual, mas ficam fisicamente localizadas próximas a suas agências, normalmente na maior cidade da Regional.

As Superintendências Estaduais ficam na capital do estado e tem em sua estrutura:

  • Assessores, que são os responsáveis em atender as demandas das agências do estado em suas necessidades de estrutura, de administração e de negócios.
  • Acima dos Assessores podem existir Gerentes de Equipe, que cuidam de determinadas atividades agrupadas. Não existem Gerentes de Equipe em todas as Super.
  • Acima dos Gerente de Equipe estão os Gerentes de Segmento, que fazem parte do Comitê de Administração da Super, juntamente com os Superintendentes Regionais e o Superintendente Estadual.

Os Gerentes de Segmento cuidam cada um de um Segmento dentro do estado e respondem pelos resultados dele:

Segmento Administrativo, do Gerente de Administração, que cuida de toda a infraestrutura, equipamentos, pessoal, comunicação... enfim, toda a área administrativa das agências vinculadas à Super.

Segmento Pessoa Física, do Gerente PF, que trata de todos os produtos e negócios do Segmento Pessoa Física, e responde pelos seus resultados.

Segmento Pessoa Jurídica, do Gerente PJ, que igualmente cuida dos produtos e negócios do Segmento.

Segmento Agronegócios, do Gerente Agro, que cuida dos assuntos do segmento, e

Segmento de Desenvolvimento Sustentável, do Gerente DS, que cuida dos produtos e negócios afetos à área de sustentabilidade, Fundação BB, Pronaf, etc.

Algumas Superintendências, assim com agências, podem ter acionados todos os cargos, já outras, menores, não tem Gerentes de Equipe e nem todos os Segmentos, ficando duas ou mais áreas sob condução de um dos Gerentes de Segmento.

As Superintendências Estaduais e Regionais são órgãos táticos, que recebem as metas da esfera estratégica, define e coordena as ações no âmbito de sua jurisdição.

Acima das Superintendências estão as Unidades Estratégicas

Ou Direção Geral, com várias Unidades e Diretorias, a grande maioria em Brasília.

Estas Unidades são as gestoras dos produtos e serviços do Banco, então vamos ter a Unidade que cuida da rede, a que cuida da tecnologia, de cartões, de cheque especial, de RH... e assim por diante.

As Unidades Estratégicas normalmente só tem cargo de Assessor prá cima. Os Assessores são os Escriturários de lá e tem dois níveis de responsabilidade e de remuneração.

Acima dos Assessores estão os Gerentes de Divisão, que administram uma parte da Unidade e acima deles os Gerentes Executivos, que administram a Unidade juntamente com o Diretor, maior cargo na estrutura das Unidades estratégicas.

Os Diretores, juntamente com os Vice-Presidentes e o Presidente do Banco compõem o Conselho Diretor do Banco do Brasil, que define os caminhos que o Banco deve trilhar.

Só como lembrete, o Presidente do Banco é funcionário de carreira, como tem sido nos últimos anos. A grande maioria dos Diretores e Vice-Presidentes também são.

Esta é uma grande vantagem da carreira no BB... você entra como Escriturário e pode chegar a Presidente!

De uma maneira bem simplória, este artigo tenta mostrar como é o caminho das pedras... o labirinto do Plano de Cargos e Funções do BB, espero que tenha conseguido.

Se você acha que este texto pode ser útil para outras pessoas que também estão pensando em fazer concurso do Banco do Brasil, compartilhe ou indique este blog.

Se você tem alguma dúvida ou curiosidade, coloque nos comentários. Eu terei o maior prazer em responder.

Se você não gostou comente também, só assim posso continuar melhorando o conteúdo para que ele seja mais útil para todos.

Abraço!


Você também pode se interessar por:

Reestruturação BB... o Retorno!!!

Na quinta-feira, 29 de junho, aconteceu um encontro de Diretores, Executivos e Superintendentes do Banco do Brasil... um encontro assim às vésperas do fechamento das metas do semestre (que ocorreu ontem, 30/06), é, no mínimo, para chamar a atenção.

Marco Aurélio Gomes sábado, 1 de julho de 2017

    continuar lendo...

Reestruturação do BB: Verdades e Mentiras!

Ontem, 20/11/16, por volta das 18 horas, eu recebi a primeira notícia com a confirmação de parte do que eu chamei de boatos no artigo publicado no dia 27 de setembro, "Como fica o concurso do BB quando a greve acabar?"...

Marco Aurélio Gomes segunda-feira, 21 de novembro de 2016

    continuar lendo...

Quem é Quem na Estrutura de Cargos do Banco do Brasil?

O labirinto de cargos e o que cada um faz dentro da estrutura do BB Prá quem ainda não sabe, a Estrutura de Cargos do Banco do Brasil, bem como de Salários existe há muito tempo... e o que isto quer dizer?

Marco Aurélio Gomes quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

    continuar lendo...

Comentários Anteriores


João Pedro Lima

13/12/2016

Olá, Marco.
Quais profissionais têm mais oportunidades dentro do banco?
Obrigado. Abraços

Marco Gomes

13/12/2016

Oi João Pedro,
Resolvi sua pergunta com um novo artigo no blog.
Confere… o título é a sua pergunta.
abraço

João Pedro Lima

14/12/2016

Ok, Marco.
Excelente o artigo, gostei bastante.
Muito Obrigado!

Marco Gomes

14/12/2016

Valeu João Pedro
Abraço

Kelly Ventura

11/10/2016

Marco,bom dia!

Não sei se ja foi feita a pergunta abaixo.

Quais sãos os planos de carreira e salario no Banco do Brasil? A partir do momento que o funcionário toma posse do cargo.Existe prazo para mudar de cargo ?

Por exemplo. Caixa,Assistente e técnico.

Marco Gomes

11/10/2016

Oi Kelly,
Olha tem alguma coisa falando da estrutura de cargos do BB nos artigos aqui do blog.
Fica difícil falar sobre todos os cargos e também sobre salários, já que não tenho acesso a estas informações.
Não existe prazo para mudar de cargo, o que existe é um prazo mínimo para poder concorrer novamente, após ter sido nomeado em um cargo. Varia entre 1 e 2 anos depois de ser nomeado.
Por exemplo: você é escriturária e é nomeada assistente. Você só pode concorrer a um cargo acima de assistente após 1 ou 2 anos, dependendo do caso.
Me desculpe não poder avançar mais no seu questionamento… se for alguma coisa mais específica, retorne aqui, ok?
abraço

Raissa Lira

24/07/2016

Olá Marco Gomes.

Primeiramente parabéns pelo blog, o espaço é bem informativo e você bem prestativo atendendo os questionamentos.

Sobre as unidades BB no exterior como fazer para alcançá-las?
Pelo que entendi somente alcançando o posto de gerente geral ou gerente de negócios é possível candidatar-se no processo seletivo interno?
Tenho ciência que a qualificação para esses cargos deve ser superior bem como o caminho deve ser longo e dificultoso.

Me desculpe se as questões são tão especializadas, mas não encontrei na web oportunas e precisas informações como se vê nesse espaço.

Que você possa continuar contribuindo positivamente com esse blog e que os frutos de seu trabalho sejam sempre proveitosos.

Marco Gomes

27/07/2016

Oi Raissa,
Valeu a visita e o comentário.
Desculpe a demora na resposta, mas a coisa está meio confusa por aqui por conta da mudança de residência e ainda sem internet no novo endereço… também sem tempo de acessar na correria.
Raissa, prá trabalhar no exterior só como administrador mesmo… Os demais funcionários são locais.
E para chegar lá leva um tempo e também uma boa qualificação.
Não chega a ser uma coisa do outro mundo, mas é um caminho relativamente longo e difícil, mas totalmente possível.
Abraço

Hígila Normando

03/06/2016

Parabéns pelo seu trabalho de divulgação.
Gostaria de saber se o BB tem incentivo à qualificação. Exemplo: Pós-Graduação, Mestrado, enfim, se eu tiver uma especialização tenho algum percentual de aumento? Existe uma tabela de valores fixos?

Marco Gomes

03/06/2016

Oi Hígila,
Valeu passar aqui no blog e obrigado pelo comentário.
Olha Hígila, eu diria que o que mais tem é incentivo à qualificação… se não a empresa morre.
Só que não é incentivo financeiro… você não terá aumento de salário por conta da sua formação. Falo em salário, permanecendo no mesmo cargo ou função.
Fora os reajustes salariais e as promoções automáticas (por tempo e por merecimento), a única forma de você aumentar seu salário é sendo promovida… subindo na carreira.
E é aí que entra a formação/qualificação… se você não se qualificar, fazendo cursos, certificações e mesmo formação acadêmica, você não consegue progredir na carreira, você não alcança pontuação suficiente para disputar as vagas.
É isto, valeu?
abraço
Marco Gomes

Vannessa Adriana

06/05/2016

Marco Gomes, por favor! Sabe me informar qual é o salário bruto e benefícios de um Assistente de Pessoa Física dentro do BB?! Muito grata, desde já! Beijos com carinho!

Marco Gomes

06/05/2016

Oi Vanessa,
Valeu passar aqui pelo blog!
Olha, muita gente me pergunta dos salários do pessoal do Banco… eu não tenho acesso a essas informações, já que estou fora do BB há algum tempo.
Então o que tenho feito é informado um valor aproximado…, perto do que deve ser na realidade, ok.
Um assistente deve estar ganhado entre 3,5 e 4 mil bruto, uns 3 mil líquido… quanto aos benefícios, são os mesmos prá todos os funcionários, independente do cargo: vale refeição/alimentação, uns 1,1 mil no cartão alelo, vale cultura de 50 reais/mês e PLR (2 x ao ano).
Beleza?
abraço

Melo

21/03/2016

Boa noite!

Existe algum cargo como corretor de valores mobiliários dentro do BB? Ou alguma função em que seja possível trabalhar como consultor de finanças ou algo do tipo em agências? A seleção pelo TAO pra tais funções requer alguma certificação específica?

Att.

Marco Gomes

21/03/2016

Oi Melo,
Valeu por passar por aqui e pelo comentário.
Olha, cargo específico para corretor de valores eu acho que não tem, a não ser que com o tempo você vá para a BBDTVM, uma coligada (ou subsidiária, não lembro) do BB.
Tem espaço para consultoria financeira dentro de agências, mas não exclusivamente consultoria… vai fazer todo o resto dos serviços também.
São os cargos a partir de gerente de relacionamento, gerência média prá cima.
Existe também a possibilidade de gerencias especializadas, tipo clientes alta renda… Estilo ou Corporate, mas aí leva mais tempo, por exigirem uma certa experiência já no Banco e formação também.
Todas as certificações pontuam no TAO, para os cargos mais especializados, normalmente a seleção exige uma ou outra certificação, também específica (aqui falando das certificações internas).
Quanto às externas, CPA 20, no mínimo.
abraço

Yuri Santana

12/02/2016

Olá Marco! Parabéns, novamente. Hoje eu queria saber da carreira de auditor, parece que na Caixa é mais fácil obter informações públicas na internet. Penso em seguir essa carreira e queria sua visão sobre a atividade no banco. Se possível. Inclusive especializações e certificações que mais pontuam no TaO. Obrigado!

Marco Gomes

12/02/2016

Olá Yuri,
As respostas não estão sendo muito rápidas porque estou meio atarantado com o pré-lançamento do curso passenobb, então me desculpe pela demora.
Você não vai encontrar informações internas do Banco na Internet… nada institucional… só vai encontrar em posts privados, de outras pessoas, mas não do Banco, ok.
A Audit, como é chamada a área de Auditoria Interna do Banco é uma Assessoria ligada diretamente ao Conselho de Administração e se reporta diretamente ao Presidente do BB.
Existem diversas “especializações” dentro da Audit, para permitir que as atividades sejam executadas de acordo com os normativos internos e às Leis.
Eu não vou conseguir enumerar todas as áreas de atuação dos auditores, mas eles fazem trabalhos periódicos, presencialmente e à distância, verificando a conformidade contábil, TI, processos, operações, fraudes, etc.
Normalmente a Audit abre processo seletivo quando necessita completar seu quadro, que é regional, existe apenas em algumas capitais.
O processo é via recrutamento pelo TAO, entrevista ou algum outro formato escolhido para a seleção… sempre aplicado aos melhores classificados no TAO.
Eu realmente não sei quais as especializações e certificações que mais pontuam no TAO… isto vai depender da área que existirem vagas.
Eu não sei se posso te dar uma sugestão… mas se você aceitar, foque primeiramente em entrar no Banco, depois você vai se acostumando com os processos de ascensão profissional e vai poder optar pela área que mais tenha afinidade.
É muito prematuro focar em um cargo de auditor, já que a concorrência é bem acirrada, e para conseguir pontuação suficiente para poder concorrer com chances, leva alguns anos.
Valeu?
abraço

Eduardo Bittar

25/01/2016

Oi Marcos!! Gostei muito do blog, me senti numa conversa informal lendo tudo o que me espera no BB. Parabéns. Tenho uma dúvida. Tenho 20 anos, moro em Brasília e estou terminando a faculdade de Comunicação no ano que vem. Gostaria de saber se existe (e como funciona), a possibilidade de trabalhar com comunicação dentro do banco… Na Secom, quem sabe?

Grande abraço!

Marco Gomes

25/01/2016

Oi Eduardo,
Obrigado por passar no blog e pelo comentário… valeu.
Vamos ser colegas de profissão…
Olha, você está no lugar certo. É aí em Brasília que fica a área de comunicação do Banco.
Além de Brasília, cada Superintendência Estadual também tem uma Assessoria de Comunicação, mas não é um cargo institucional, é um Assessor que também faz a parte de comunicação, junto com outras atividades.
Então o lugar é BSB mesmo.
Na área de comunicação existe a Assessoria de Imprensa, a parte de Publicidade, de Marketing, de Banco Digital, TVBB, Endomarketing, etc…
É uma área muito boa de trabalhar, prá quem tem formação e gosta da área.
Só não é muito fácil, nem rápido… funciona do mesmo jeito que as outras concorrências. Você vai ter que se especializar na área que deseja, e concorrer com os demais funcionários que também querem trabalhar na área… e não é pouca gente.
Então tem que aumentar a pontuação no TAO prá ficar entre os 20 primeiros, e depois torcer em ser selecionado.
Beleza?
abraço

Pablo

24/01/2016

Boa noite, Marco, gostaria de saber sobre as agências internacionais, pré-requisitos para trabalhar nelas, Ou seja, qual cargo mínimo para pleitear a uma vaga (gerente, etc) se é necessário algum idioma além do português (mesmo para as agências em Portugal), e tempo mínio de banco. ótimo post e agradeço de antemão.

Marco Gomes

24/01/2016

Oi Pablo,
Obrigado por passar por aqui e pelo comentário.
Eu andei falando alguma coisa obre as agências do Banco no exterior em um dos comentários.
Mas vamos lá…
Para trabalhar no exterior, só como Administrador de agência. Os demais funcionários são locais.
Acredito que, mesmo para trabalhar em Portugal o Banco exige inglês fluente, até porque você não vai ficar o resto da vida trabalhando em Portugal.
Aqui e no exterior o Banco não deixa administradores muito tempo no mesmo lugar…
Não há tempo mínimo prá ser administrador no exterior, mas vai um tempo, porque você vai ter que ter aqui um cargo equivalente ao de administrador… então vai um tempinho.
A escolha é normalmente por processo seletivo e, às vezes, por convite…
Eu diria que este é um dos cargos mais cobiçados, mais concorridos e dos melhores que o Banco tem: o de administrador no exterior.
Se estiver muito a fim, focar bem… e trabalhar bastante… quem sabe?
abraço

Pablo

25/01/2016

Muito obrigado pelas informações Marco, há muito as buscava :)).

Marco Gomes

25/01/2016

Valeu Pablo!

jessica

22/01/2016

muitooo bom!! estudo para o concurso do bb e gostei mto de saber!! Parabéns pela proposta do site!! espero que tenha mais artigos sobre o tema.

Marco Gomes

22/01/2016

Oi Jessica,
Obrigado pelo comentário e por passar por aqui.
Vou publicando sempre que dá.
Na medida que o pessoal vai perguntando nos comentários eu vou tentando com novos artigos… este surgiu de dúvidas que postaram nos comentários.
abraço

Cícero

22/01/2016

Marco, gostaria de entender um pouco mais sobre como funciona a parte de apoio do Banco, aquela onde ficam as funções de nível superior. Sou engenheiro civil e gostaria de ir para essa área. Acabei de passar nesse último concurso para escriturário. Tem como chegar lá a partir de escriturário (por concurso interno) ou tem um concurso específico? Outra coisa, quem já é graduado e trabalha como escriturário ganha alguma bonificação?

Obrigado!

Marco Gomes

22/01/2016

Olá Cícero,
Valeu passar por aqui e pelo comentário.
Vou começar pelo fim… não há nenhuma bonificação por graduação… a graduação é boa prá você e para o Banco, já que ele aluga sua cabeça, braços e pernas em troca de um salário mensal (não é mais ou menos isso?).
A graduação pontua no TAO (tem alguns artigos no blog que falam sobre a ascensão e o TAO), e isto vai te ajudar nas concorrência a cargos, inclusive na área técnica.
Só prá localizar… atualmente a graduação não é um diferencial para a carreira no BB… já foi, hoje não é mais.
Não tenho números exatos, mas vou chutar (sem medo de errar) que atualmente mais de 90% dos funcionários do Banco são graduados (ou mais).
Nem a pós-graduação chega a ser um diferencial, já que prá ficar bem classificado nas concorrências precisa ter. Então funções que exigem nível superior (engenharia, direito, agronomia, etc) também são bem concorridas. E estes cargos são preenchidos por quem já é funcionário e tem a graduação. O Banco não vai buscar esses profissionais no mercado.
A seleção para a área de engenharia do Banco é mais ou menos igual à da área administrativa.
Você deve registrar a sua graduação no TAO e ficar atento à abertura de vagas.
É comum também surgirem convites para ir prá lá… mas daí eles precisam saber que você tem interesse.
Depois de entrar tente se aproximar do pessoal da área (vai ter uma área de engenharia na jurisdição da sua agência) e manifeste seu interesse…
Claro, tudo isso depois do período de experiência, que ainda faz parte do processo seletivo e é eliminatório (tem um artigo aqui no blog sobre isto).
Não tem concurso, nem interno nem externo, prá ir para a área técnica… e também não é muito comum divulgarem vagas e chamarem para o processo seletivo, normalmente eles buscam dentre os funcionários aqueles com formação e perfil que eles querem. Se você não manifestar sua intenção, eles não vão ficar sabendo, e aí a coisa não rola mesmo.
beleza?
abraço

Florisbaldo

21/01/2016

Olá meu amigo. Gostei muito do seu texto. Parabéns vc conseguiu sintetizar como somos e estamos dentro desta grande empresa.
@BBc

Marco Gomes

21/01/2016

Olá Florisbaldo,
Valeu por passar aqui no blog e pelo comentário.
Trabalha onde?
abraço

Comentários

sobre o autor

Olá, eu sou Marco Aurélio Gomes, Jornalista por formação, Bancário por opção e Educador por paixão... Neste espaço você pode esclarecer suas dúvidas e satisfazer sua curiosidade sobre como é trabalhar no Banco do Brasil.

Seja bem vindo!



Conheça o Curso PassenoBB... venha dar uma olhada nas aulas liberadas

Curso PassenoBB

Você conhece a Udemy? São milhares de cursos que podem ajudar a melhorar sua performance!

Udemy

Você já pensou em criar um curso online? Venha para o Criar Curso e veja como é simples e fácil!

Criar Curso

Meu mais recente curso, prá quem quer aprender a editar vídeos em um programa profissional e gratuito

Aprenda a editar vídeos com o DaVinci Resolve 14

A mais completa ferramenta de Marketing Digital do mundo... confira!

OMB100

 

© 2015 passenobb - todos os direitos reservados